sábado, 3 de novembro de 2018

COLETA SELETIVA DE MATERIAL RECICLÁVEL EM CAUCAIA




AMBRASUS









Resumo


A coleta seletiva de resíduos sólidos consiste na separação de materiais recicláveis na fonte geradora e o devido encaminhamento para reciclagem. Esta ação busca promover a educação ambiental, gera trabalho e renda e apresenta como consequência o hábito da separação do lixo para seu devido aproveitamento, contribuindo para a sustentabilidade urbana. Este trabalho teve como objetivo identificar os desafios à implantação e gestão da coleta seletiva o seus impactos sociais.


Coleta Seletiva

O que é coleta seletiva?

Coleta seletiva é a coleta diferenciada de resíduos que foram previamente separados segundo a sua constituição ou composição. Ou seja, resíduos com características similares são selecionados pelo gerador (que pode ser o cidadão, uma empresa ou outra instituição) e disponibilizados para a coleta separadamente.

De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, a implantação da coleta seletiva é obrigação dos municípios e metas referentes à coleta seletiva fazem parte do conteúdo mínimo que deve constar nos planos de gestão integrada de resíduos sólidos dos municípios.


                       










Por que separar os resíduos sólidos urbanos?

Cada tipo de resíduo tem um processo próprio de reciclagem. Na medida em que vários tipos de resíduos sólidos são misturados, sua reciclagem se torna mais cara ou mesmo inviável, pela dificuldade de separá-los de acordo com sua constituição ou composição. O processo industrial de reciclagem de uma lata de alumínio, por exemplo, é diferente da reciclagem de uma caixa de papelão. 
Por este motivo, a Política Nacional de Resíduos Sólidos estabeleceu que a coleta seletiva nos municípios brasileiros deve permitir, no mínimo, a segregação entre resíduos recicláveis secos e rejeitos. Os resíduos recicláveis secos são compostos, principalmente, por metais (como aço e alumínio), papel, papelão, tetrapak, diferentes tipos de plásticos e vidro. Já os rejeitos, que são os resíduos não recicláveis, são compostos principalmente por resíduos de banheiros (fraldas, absorventes, cotonetes...) e outros resíduos de limpeza.

Há, no entanto, uma outra parte importante dos resíduos que são os resíduos orgânicos, que consistem em restos de alimentos e resíduos de jardim (folhas secas, podas...). É importante que os resíduos orgânicos não sejam misturados com outros tipos de resíduos, para que não prejudiquem a reciclagem dos resíduos secos e para que os resíduos orgânicos possam ser reciclados e transformados em adubo de forma segura em processos simples como a compostagem. Por este motivo, alguns estabelecimentos e municípios tem adotado a separação dos resíduos em três frações: recicláveis secos, resíduos orgânicos e rejeitos
Quando esta coleta mínima existe, os resíduos recicláveis secos coletados são geralmente transportados para centrais ou galpões de triagem de resíduos, onde os resíduos são separados de acordo com sua composição e posteriormente vendidos para a indústria de reciclagem. Os resíduos orgânicos são tratados para geração de adubo orgânico e os rejeitos são enviados para aterros sanitários.


Como funciona a coleta seletiva?

As formas mais comuns de coleta seletiva hoje existentes no Brasil são a coleta porta-a-porta e a coleta por Pontos de Entrega Voluntária (PEVs). A coleta porta-a-porta pode ser realizada tanto pelo prestador do serviço público de limpeza e manejo dos resíduos sólidos (público ou privado) quanto por associações ou cooperativas de catadores de materiais recicláveis. É o tipo de coleta em que um caminhão ou outro veículo passa em frente às residências e comércios recolhendo os resíduos que foram separados pela população.







Já os pontos de entrega voluntária consistem em locais situados estrategicamente próximos de um conjunto de residências ou instituições para entrega dos resíduos segregados e posterior coleta pelo poder público.







quarta-feira, 18 de julho de 2018

Risco que o catador possa numa reciclagens





Consciência do risco
Em uma empresa particular , equipamentos como luvas, botas e máscaras são distribuídos aos trabalhadores que fazem a coleta e separação do lixo. No local são reciclados plástico, alumínio e ferro. Para a catadora que trabalha no local há mais de dois anos, os equipamentos são muito importantes para evitar acidentes.




"Trabalhar com o lixo não é fácil, por isso não posso descuidar. Sempre uso luvas, botas e roupa grossa para fazer a separação. É por isso que nunca me cortei ou tive problema. Só a máscara é que tiro às vezes porque incomoda.



O gerente da AMBRASUS, João paulo, explicou que muitos dos cooperados trabalhavam em lixões e já foram condicionados ao trabalho sem nenhuma proteção. "Nós estamos sempre de olho e orientando os funcionários para que eles não deixem de usar a proteção. Já chegamos a perder alguns deles porque não quiseram trabalhar dessa forma e acabaram abandonando o serviço", contou.








“É tão fácil de fazer nada, mas realmente precisa ser feito.”
“Eu sempre digo aos meus clientes novos que ajuda até mesmo uma garrafa.”
“Eu amo meu trabalho eu sou um cara de muita sorte, mas há muitas pessoas que não são tão afortunados.”


TELE COLETA 9-8723-8202 OU 9601-9061




sábado, 25 de novembro de 2017

AMBRASUS faz grande mutirão de limpeza na Praia do dois coqueiro Caucaia




Um grupo de voluntários realizou, neste sábado (25 /11/2017) um mutirão de limpeza na praia do dois coqueiros com apoio da AMBRASUS e IMAC secretaria de meio ambiente de Caucaia.




A gente observa que a praia do dois coqueiro vem sendo muito poluída através do descarte de lixo. Queremos contar com a parceria da população na continuidade desse trabalho, uma vez que cada um faça sua parte na recuperação da balneabilidade das praias.

Resíduos sólidos, como pedaços de plásticos, hastes de cotonetes, bitucas de cigarro, palitos de sorvete e de pirulito e tampinha de garrafa. De acordo com a organização, o mutirão tem a importância da conscientização ambiental em relação ao descarte inadequado do lixo.




   Quem estava na praia do dois coqueiro durante o mutirão de limpeza parabenizou a iniciativa pessoas como essa ação é muito importante e deve acontecer mais vezes, para preservar o meio ambiente e educar a população.





 o projeto se mostrou duplamente importante, por não só limpar as praias, mas instruir a população sobre a necessidade de cuidar do meio ambiente. “O cidadão deve tomar consciência de que ele tem que manter a praia limpa, porque é um bem-estar para ele, é um local de lazer.






A ideia é realizar mutirões em outras oportunidades. “Agradecemos a todos que participaram e estiveram com a gente nesta grande ação. Juntos podemos fazer muito por nossa praia e pela natureza.



AMBRASUS
TELE COLETA (85) 98723,8202




terça-feira, 6 de junho de 2017

MUTIRÃO LIMPEZA DE PRAIA IPARANA CAUCAIA




A manhã ensolarada de domingo, dia 28/05/2017, foi voltada à conscientização ambiental. Ao invés de curtir o mar e as horas de descanso, muitas pessoas vestiram a camisa e se dedicaram, voluntariamente, ao projeto “AMBRASUS” em que promoveu um grande mutirão de limpeza na beira da praia.















Na beira da praia foram retirados diversos tipos de lixo, entre plásticos, papel, garrafas, vidro e variados tipos de entulho. As dunas foram o principal foco. Conforme os grupos iam passando pela orla e realizando a limpeza, a ação despertava o interesse dos banhistas e visitantes.

TELE COLETA (085)-9-8723,8202 ou 9601,9061


sexta-feira, 21 de abril de 2017

MUTIRÃO PRAIA LEGAL (AMBRASUS CAUCAIA)




          Invés de curtir o mar e as horas de descanso, muitas pessoas vestiram a camisa e se dedicaram, voluntariamente, ao projeto praia legal (AMBRASUS JUNTO COM A SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE IMAC CAUCAIA).




          O prefeito naumi amorim acompanhou a ação e falou sobre a importância da colaboração da população "Continuamente, realizaremos mutirões de limpeza na orca de Caucaia".
          Um grupo de voluntários realizou, um mutirão de limpeza na orla de Caucaia, envolveu diversas entidades, entre elas, organizações ambientais, instituições de conscientização, para a coleta de resíduos sólidos, como pedaços de plásticos, Pets, vidros, latas, isopor, bitucas de cigarro, palitos de sorvete e de pirulito e tampinha de garrafa. De acordo com a organização, o mutirão tem a importância da conscientização ambiental em relação ao descarte inadequado do lixo.

                                                                                              





            A iniciativa foi elogiada por todos. “Foi simplesmente ótimo. Excelente iniciativa de conscientização e educação ambiental para jovens e crianças, bem como de reflexão a respeito de nossas atitudes em relação ao meio ambiente. "Parabéns a todos pela suas ações" 










           A ideia é realizar mutirões em outras orla para dar exemplo a população como deveremos cuida do nosso meio ambiente.  O lixo deve ser colocado no lixo. Precisamos fazer a nossa parte. A natureza agradece” 
(JOÃO PAULO PRESIDENTE DO AMBRASUS).


TELE COLETA =  WHATSAPP = 9-8723,8202 ou 9601,9061
http://ambrasus.wixsite.com/ambrasus



terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social 

limpeza nas praias de fortaleza 












TELE COLETA = (085)-WHATSAPP 9=8723,8202 OU9601,9061

http://ambrasus.wix.com/ambrasus